guerra na síria o diário de myriam

O Diário de Myriam: Guerra na Síria pelos olhos de uma menina

Murillo Costa | 04/jul/2018

O livro O Diário de Myriam conta a guerra na Síria pela perspectiva de uma menina de 13 anos

O livro O Diário de Myriam é um dos grandes lançamentos de julho, da editora DarkSide. Ele foi escrito por Myriam Rawick entre 2011 e 2016 e conta os traumas da jovem diante da guerra civil.

Nosso blog parceiro, Central Autoria, fez um post listando O Diário de Myriam entre outros três livros de guerra protagonizados por mulheres. Vale muito conhecer: basta clicar aqui.

Guerra civil Síria: o contexto de Myriam Rawick

A Guerra na Síria teve início em 2011 após uma série de protestos contra o governo de Bashar al-Assad. Ele é presidente do país desde 2000, sendo reconfirmado para o cargo em 2007. Bashar era cotado como uma grande força reformadora pela comunidade internacional. Essa imagem se perdeu quando ele ordenou o abrir-fogo contra civis manifestantes.

A tensão se tornou em guerra em março de 2011. O famoso site WikiLeaks revelou supostos atos de corrupção por parte do presidente Bashar al-Assad. Isso gerou revolta entre a população civil e jovens picharam gritos revolucionários em paredes de uma escola, o que os levou direto para a prisão.

A raiva já levantada pelas notícias de corrupção transbordou na população quando houve a prisão dos adolescentes. O povo foi às ruas pedindo a renúncia de Bashar. Em resposta, o presidente ordenou que as forças armadas da Síria abrissem fogo contra os manifestantes, causando várias mortes.

Não demorou para a oposição a Bashar se armar e lutar contra o exército sírio, dando início à guerra civil e ao período sangrenta que dura até hoje.

Em 2012, o grupo jihadista Estado Islâmico entra na guerra aproveitando-se da fragilidade da situação.

Até o momento, por volta de 400 mil pessoas foram mortas no conflito. 1,5 milhão foram feridas. Gerou-se uma imensa comunidade de 5 milhões de refugiados, distribuídos entre Turquia, União Europeia e outros países, incluindo o Brasil.

70% da população não tem acesso a água potável e 80% dos sírios estão em miséria. Dois milhões de crianças estão fora da escola.

Dentro desse quadro, Myriam Rawick, uma menina que nasceu em Jabal Saydé, bairro de Alepo, vê seu mundo ser destruído pela guerra.

O Diário de Myriam + Diário de Anne Frank

livro o diário de myriam

O Diário de Míriam é a voz deu ma menina que viveu e vive os horrores de uma guerra cruel. É muitas vezes relacionada a Anne Frank, a garota judia que viveu escondida junto com sua família e outros durante a Segunda Guerra Mundial. Anne Frank se tornou um importante símbolo daquele tempo, sofrendo e morrendo às mãos dos nazistas.

Myriam Rawick se consagra como um símbolo vivo de uma guerra ainda em andamento. Ela começou a escrever diário em 2011, no início da guerra, incentivada por sua mãe. O período abrangido vai até dezembro 2016, contando as memórias inocentes de uma menina que tem arrancada sua infância de si.

“É com a sensibilidade de uma autêntica contadora de histórias que ela narra a preocupação crescente de seus pais com as notícias na tv, as pinturas revolucionárias nos muros da escola, as manifestações contra o governo, a repressão, o sequestro de seu primo e, por fim, os bombardeios que destroem tudo aquilo que ela conhecia. – sinopse oficial.”

Trazido para o Brasil pela DarkSide

O Diário de Myriam foi vencedor do Prêmio L’Express-BFMTV 2017 na categoria ensaios. O livro passa a fazer parte da linha Crânio da editora DarkSide e será lançando em 16 de julho.

Assim como O Diário de Anne Frank se tornou um guia de formação para várias pessoas, O Diário de Myriam se torna um símbolo de resistência e sobrevivência para muitos leitores.

Crédito da foto: Por Desconhecido – [1], CC BY 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=59855887

Sou o autor de Os Renegados, distopia pós-apocalíptica, editor do Central Autoria e locutor do Autoria Podcast. Também sou parceiro da saga de fantasia épica A Crônica Esférica. Webdesigner por formação, procuro compartilhar meus conhecimentos em Marketing Digital com outros escritores para que possamos formar juntos nossas carreiras.
0 Comentários
Deixe o seu comentário!